17.5.17

Entrevista com a escritora Josy Stoque

Novamente estou eu aqui com minha coluna de entrevistas que está cada dia mais fazendo sucesso. E a entrevista de hoje é com a escritora best-seller da amazona Josy Stoque. Confira.
Nos fale um pouco de você.
Sou pisciana, sonhadora e viciada em livros. Comecei a escrever como forma de desabafo e descobri que nunca poderia parar, senão ficaria incompleta. Tatuei os 4 efes da protagonista de Puro Êxtase para nunca me esquecer de viver intensamente.

Existe algum (a) escritor (a) que te inspira?
Sou eclética e leio de tudo e estou totalmente aberta a inspiração, não somente nos livros.

Qual a melhor coisa de ser escritor?
Poder criar mundos e ter controle sobre o que vai acontecer com eles.

Você encontrou dificuldades para publicar seu primeiro livro?
Não, foi fácil, por indicação, só aconteceu em uma época na qual não existiam plataformas online facilitadoras, como Wattpad e Kindle Direct Publishing, da Amazon.

Nos fale um pouco de seu último livro lançado.
Meu último livro foi Insensatez, uma comédia romântica picante entre um casal de ex-namorados, que recebem uma segunda chance da vida. Agora mais maduros e vividos, a fotógrafa Isadora e o modelo Marco terão que decidir se arriscam de novo em uma relação que não deu certo pela primeira vez, cedendo à atração que não diminuiu com o tempo, ou seguem suas vidas.

Já escreveu algum livro que não conseguiu publicar?
Não. Com o advindo da Amazon, eu publico tudo que escrevo assim que termino.

Você tem novos projetos em mente? Se sim, pode falar sobre eles?
Vários! Tenho mais 3 livros da Coleção de romances erótico-policiais Amanhã, 2 eróticos, 1 futurista e 1 histórico hot, que já comecei a escrever.

Para você, qual é o melhor gênero literário?
Não existe! Eu gosto de tudo que é bem escrito e original.

Como se sente ao ver seus livros numa livraria, ou vendo alguém lendo?
Realizada.
No Brasil, sabemos que a leitura não é um hábito da população em geral. Quantos livros, em média, você lê por mês?
Já fui melhor, mas com a escrita e divulgação tomando meu tempo, ando lendo somente 1 livro por mês, ultimamente.

Como foi a escolha da capa e do título do livro?
Inspiração, pesquisa e coerência com enredo.
Como você descreveria seu livro?
Bem, de forma geral, eu escrevo histórias diferenciadas, fora do comum, mesmo que pareçam, não são clichês e sempre possuem uma mensagem, lições e ensinamentos para que meus leitores carreguem para suas vidas.
Qual o livro mais marcante que você leu até hoje?
Não tenho. Assim que termino um livro, eu começo outro e a vida segue.

Como foi a criação dos personagens do seu livro? Você se inspirou em pessoas de seu convívio para criar cada personagem e cada nome?
Meus personagens são realistas e são baseados em pessoas reais porque sou observadora e acredito que tudo me inspira. Mas não faço de propósito. As informações surgem conforme as necessidades do enredo.

De onde surgiu o desejo de ser escritor?
Necessidade. Eu preciso escrever para ser eu, para ser feliz, para ser completa.
Por último, deixe um recado para os leitores do Literatura News e para os que desejam ser escritores no futuro.
Tenho obras para todos os gostos e de diversos gêneros, tenho certeza de que algum vai chamar a sua atenção. Venha se aventurar por meus escritos.
Se você quer ser escritor, leia muito, escreva bastante e revisa sem parar. Nunca desista!
RAPIDINHAS:
Uma pessoa: Eu
Um lugar: Brasil
Um livro: Eu Nunca
Um escritor (a): Mila Wander
Um desejo: Felicidade
Eu não gosto: Preconceito
Eu adoro: Liberdade

Uma frase: “Posso dizer que vivo e muito.”
© Literatura News. Todos os direitos reservados.
Layout produzido por: Fê Goulart
Com a ajuda de diversos sites de tutoriais.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo